Luciano de Castro ganha seu primeiro rodeio da temporada em Douradina.


Foto: Divulgação

DOURADINA, PARANÁ – 24/01/2015 – E terminou em grande estilo na noite deste domingo a 29ª FEPEINA – Festa do Peão de Douradina (PR).

Com entrada franca e casa cheia o público pode acompanhar mais um final semifinal e final eletrizante. Por mais um ano a festa foi um sucesso, resultado de trabalho árduo de toda comissão organizadora, através do presidente Nicholas Martins de Mello, vice Willian Custódio, o diretor de rodeio Rodrigo Martins e todos os profissionais que colaboraram para uma grande festa.

A benção foi tão grande que, depois de um longo período de chuvas, São Pedro deu uma trégua para que a festa acontecesse e, um fato interessante é que na madrugada de segunda-feira, caiu uma pequena garoa enquanto escrevia este texto, sim esse povo de Douradina, apaixonado por rodeio é também bom de oração.

O grande campeão do rodeio foi Luciano Castro, de Guzolândia (SP). Luciano que entrou em segundo lugar de nota, confirmou o título após vencer o touro ‘Sentimento’ da Cia É o Bicho por 90,00 pontos, totalizando 443,25 pontos..

Luciano quebrou a tabu dos últimos anos, onde o campeão da FEPEINA não conquistava o título invicto, mas Luciano que vai ser pai ainda este ano, parou em todos os touros e conversou sobre o título e sobre a graça de ser pai.

- Era algo que não estava programado, mas estou feliz, não quero ficar muito preocupado porque isso pode atrapalhar meu trabalho – Disse Luciano.

Em segundo lugar, também invicto ficou Cláudio Marcelino, de Ribeirão dos Índios (SP), com 426,25 pontos. Em terceiro lugar Junior Patrick, de Sonora (MS) com 357,50 pontos. Em quarto lugar ficou Ramon de Lima, de Rio Branco com 351,50 pontos. Em quinto Magno Alves, de Santana do Araguai (PA) com 346,50 pontos

O Cia Paulo Emílio de São José do Rio Preto (SP), ganhou título de melhor boiada, enquanto o touro ‘Thor’ também de propriedade da Cia Paulo Emílio ganhou como melhor touro com a média 46,12 pontos.

BASTIDORES DA DISPUTA

Luciano de Castro, assume publicamente que ele tem sorte, e claro, competência, afinal, sorte não para em touros.

Na final Luciano montou ‘Sentimento’ da Cia é o Bicho, não é precipitado falar que, talvez este touro só entrou na final no lugar de ‘Impossível’, que acabou pulando uma cerva e não apresentou condição físicas para se apresentar. Luciano tem sim condições de vencê-lo, mas teria um pouco mais de dificuldade. Enfim, Luciano pegou os touros certos e os aproveitou. Na semifinal, com a informação que o touro que montaria poderia mudar de direção, Luciano, mesmo tendo condições de esporear, ficou concentrado na montaria. Ciente do que estava fazendo. Estava preparado para ganhar.

Pela primeira vez, eu pude acompanhar o trabalho religioso de Luciano. Já no primeiro dia, sua oração dentro da arena, destacada pela equipe de filmagem, chamou a atenção do Padre que participou da abertura.

De sexta-feira em diante pude acompanhar seu trabalho missionário no fundo dos bretes, ele reúne todos os competidores e comanda uma oração, e porque não uma pequena pregação.

Aos 19 anos de idade Luciano de Castro, parece uma máquina de quebrar recordes. Depois de trinta dias parado, em montar, ele vem em seu primeiro rodeio da temporada e já garante um título e uma carro para começar bem o ano.

Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP



Data da publicação: 25/01/2016
Comentários