Andamento

 
Os Quatro Principais Andamentos:
 
 
PASSO
passo
 
O passo é o andamento natural, a quatro tempos, marcado pela progressão sucessiva de cada para lateral de pés.
Quando a marcha começa com a perna posterior esquerda, a sequência é a seguinte: posterior esquerda, dianteira esquerda, posterior direita, anterior direita.
No passo calmo, os pés de trás tocam o solo adiante das pegadas feitas pelos pés da frente. No passo ordinário, os passos são mais curtos e mais elevados, e os pés de trás tocam o solo atrás das pegadas dos pés dianteiros.
No alongado, os pés de trás tocam o chão antes das impressões dos pés da frente. No livre, todo o esquema é prolongado.
 
 
TROTE
trote
 
O trote é o andamento simétrico, a dois tempos, em que um par diagonal de pernas toda o solo simultaneamente e, depois de um momento de suspensão, o cavalo salta apoiado no outro para diagonal.
Por exemplo: no primeiro tempo, o pé anterior esquerdo e o pé posterior direito pousam no solo juntos ( diagonal esquerda ).
No segundo tempo, o pé dianteiro e o pé traseiro esquerdo pisam juntos ( diagonal direita ).
No trote, o joelho jamais avança a frente de uma linha imaginária perpendicular tirada do topo da cabeça do animal até o solo.
As estilizações supremas do trote são a piaffer, em que o cavalo, sem avançar, fica batendo no chão, alternadamente, com os pés dianteiros; a passagem ( esp. paso, fr. pas de côté ), em que ele se desloca para o lado, trocando os pés, sem avançar.
 
 
CÂNTER
canter
 
O cânter ( do ing. canter ) é um andamento a três tempos, em que o cavalo avança com a perna dianteira direita quando gira para a direita e vice-versa.
Quando o cavalo tenta virar para a esquerda avançando com a perna dianteira direita, portanto, a do lado de fora no movimento, esse avanço é chamado um “avanço falso” ou cânter com a perna errada.
A sequência de pisadas que dão as três batidas rítmicas no chão são, quando o movimento se inicia com a perna dianteira direita: posteior esquerda, esquerda diagonal ( em que as pernas dianteiras direita e traseira esquerda, tocam o solo simultâneamente ) e, por fim, perna dianteira direita – dita “de guia”.
 
 
GALOPE
galope
 
O galope é o mais rápido dos quatro andamentos naturais.
Descrito habitualmente como um andamento a quatro tempos, sofre variações na sequência de acordo com a velocidade.
Com a perna dianteira direita na liderança, a sequência de pisadas é a seguinte: posterior esquerda, posterior direita, ao que se segue um período de suspensão total, em que todos os pés estão no ar.
Um puro-sangue inglês ( thoroughbred ) galope a 48 Km/h ou mais.
O pé mais avançado toca no chão em linha com o nariz, mesmo que, estirada a perna ao máximo, o pé fique no ar à frente dessa linha.