Peões



Peõs
Foto: André Silva

Antigamente, não existia caminhões para transportar o gado que precisava ser transportado de um estado para outro. A boiada ia a passos lentos.
Os peões acompanhavam os bois em cima dos cavalos.  Demoravam dias e, até mesmo, semanas.
Estes homens não tinham qualquer tipo de diversão. Por este motivo, inventaram um desafio: quem conseguisse ficar mais tempo sobre os animais selvagens ganhava a disputa.

Como Barretos era ponto de encontro entre as comitivas que cruzavam os estados, a moda pegou. Em 1955 a disputa foi oficializada e aconteceu a primeira Festa do Peão de Boiadeiro do Brasil, organizada pelo Clube dos Independentes de Barretos. De lá para cá o rodeio se tornou um esporte oficial e é um dos que mais cresce no Brasil.

Hoje a lei os reconhece como Profissionais de Rodeio – LEI No 10.220, DE 11 DE ABRIL DE 2001, porem ainda são por vezes discriminados.

Oração do Peão
Oh! Senhor a ti eu levo meu pensamento
Afaste o mau do meu caminho estou partindo para mais um evento
Ajude este cowboy que não tem maldade no coração
Quero sempre estar presente e poder ajudar ao meu irmão
Eu e ele andamos juntos para defender o nosso pão
Que ao deparar com um touro ou um cavalo redumão
Que eu vença o bruto e seja vitorioso na minha saída
A gente que brinca com perigo arriscando a própria vida
Obrigado Senhor e Nossa Senhora Aparecida
Eu sempre peço e o senhor sempre vem
Eu tenho fé e o meu irmão também tem
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.